1 -

DUVAL RAVIZZON

Caxias do Sul

2 -

MIMOZARIO S DE AZEVEDO

Flores Da Cunha

4 -

JARBAS JUAREZ DA ROCHA

Caxias do Sul

5 -

DANILO ANTÔNIO FRUET

Caxias do Sul

6 -

JOSÉ CARLOS GRANETTO

Caxias do Sul

10 -

ONEIDE J. RIZZON

Caxias do Sul

30 -

MARCOS DORNELES

Bento Gonçalves

31 -

ALCEU BALDISSERA

Caxias do Sul

33 -

PEDRO DAVANZO

Caxias do Sul

43 -

MILTON ANTÔNIO SOARES

Caxias do Sul

59 -

ANTÔNIO M. MOSCHEN

Caxias do Sul

67 -

LIBÓRIO R. DA FONSECA

Caxias do Sul

80 -

FABIANO Z. CHIES

Caxias do Sul

81 -

AUGUSTO SANDI

Caxias do Sul

88 -

SALVADO F. A. ASSUMPÇÃO

Caxias do Sul

90 -

CLEITON G. BENETTI

Caxias do Sul

92 -

DANIEL RAMATIS SANTOS

Caxias do Sul

98 -

RENE OSMAR SEEFELD

Nova Petrópolis

100 -

VILTON ANGONESE

Caxias do Sul

101 -

PAULO ROBERTO DA ROSA

Caxias do Sul

104 -

JHONATAN RIZZON

Caxias do Sul

105 -

LUIZ MARCON

Bento Gonçalves

110 -

SÉRGIO DOMINGUES

Lagoa Vermelha

112 -

ODAIR MAGRIN

São Marcos

114 -

JURACI TEDESCO

Veranópolis

117 -

ANDRÉ LUIS MINOTTO

Caxias do Sul

118 -

ARY LUDOVICO SARTOR

Bento Gonçalves

120 -

JOSÉ AMBROSIO TONIAZZI

Carlos Barbosa

127 -

ROBERTO VETTORAZZI

Lajeado

128 -

ERALDO LUCCHESE

Caxias do Sul

131 -

OSMAR LUIZ PICHETTI

Caxias do Sul

135 -

ADÃO SEBASTIÃO BOEIRA

Caxias do Sul

137 -

MARCIO CHEMELLO

Caxias do Sul

141 -

JOCELITO SERAFIN

Caxias do Sul

142 -

ADEMIR  FERNANDO CHIES

Caxias do Sul

143 -

RICARDO DA ROSA

Caxias do Sul

145 -

VALTER C. R. PINTO

Farroupilha

147 -

LEANDRO JOSÉ GUERRA

Caxias do Sul

150 -

MARCOS A AGUSTINI

Caxias do Sul

151 -

ADRIANO FERRIGO

Caxias do Sul

154 -

ADAIR RECKTENWAL

Cachoeirinha

155 -

REINALDO F. NETO

Bento Gonçalves

156 -

JOSÉ ANTÔNIO RIGOTTO

Caxias do Sul

157 -

JOSÉ SERAFINI

Bento Gonçalves

158 -

JOILSON F. DE QUADROS

Caxias do Sul

160 -

JONAS FELIPE BASSO

Caxias do Sul

161 -

LUIZ AFONSO VANONI

Caxias do Sul

162 -

VAGNER HOFFMANN

Caxias do Sul

165 -

MARCOS V ZONTA

Bento Gonçalves

166 -

GILMAR JOSÉ DOS REIS

Caxias do Sul

167 -

GUSTAVO RUBBO SIQUEIRA 

Caxias do Sul

170 -

CLAUDIO JOSÉ MARZOTTO

Caxias do Sul

172 -

DEODATO DA S ESTEVES

Caxias do Sul

173 -

JOACIR TEIXEIRA KIRSCH

Caxias do Sul

175 -

LEANDRO BALESTRO

Caxias do Sul

183 -

ALEXANDRE D MISSAGLIA

Caxias do Sul

187 -

JAIR MARCOLIN

Vacaria

188 -

RAFAEL COSTA CHAVES

Porto Alegre

190 -

OSVALDINO O. FORLIN

Antônio Prado

191 -

LUCIMAR ANTONIO VIDOR

Caxias do Sul

194 -

FELIPE SAVOLDI

Farroupilha

195 -

ALEXANDRE JULIO ROSSI

Bento Gonçalves

197 -

VILSON PAULO BAGGIO

Caxias do Sul

200 -

EDGAR CRIPPA

Farroupilha

202 -

JOSÉ LUIZ SARTOR

Bento Gonçalves

203 -

LUCIANO R MÂNICA

Caxias do Sul

205 -

MARCOS A.POLESSO  

Caxias do Sul

209 -

JOSÉ CAPOVILLA

Farroupilha

215 -

FLÁVIO BREZOLIM

Farroupilha

219 -

SERGIO PEREIRA CUNHA

Porto Alegre

220 -

ARISTIDES JACOBY

Caxias do Sul

229 -

JORGE FERRO

Santa Maria

233 -

LUIZ GUSTAVO ZANCHETTI

Bento Gonçalves

234 -

MARCIEL GIROTTO

Caxias do Sul

235 -

GILMOR JOSÉ MORO

Garibaldi

237 -

JOSÉ CARLOS BORBA

Caxias do Sul

244 -

RODRIGO CARDOSO

Bento Gonçalves

253 -

NILTON LAZZARI

Farroupilha

274 -

GERALDINO V SIQUEIRA

Caxias do Sul

278 -

SILVINO FAVERO

Caxias do Sul

288 -

ADELAR AGOSTINI

Caxias do Sul

290 -

BEN-HUR DO A. SCOPPEL 

Caxias do Sul

291 -

CARLOS EDVINO ROLOFF

Nova Petrópolis

294 -

ADRIANO BÜHLER

Nova Petrópolis

298 -

FLAVIO O. DE AZEVEDO

Caxias do Sul

302 -

DAVID SARTORI

Garibaldi

305 -

ROBERTO L.N. DE VARGAS

Caxias do Sul

312 -

ANTONINHO CARNIEL

Caxias do Sul

318 -

FERNANDO SANTOS REIS

Caxias do Sul

329 -

MAXIMILIANO V. COLOMBO

Alvorada

333 -

ARIELSON OMIZZOLLO

Bento Gonçalves

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sociedade Ornitológica: uma história de lutas e conquistas SOC

      Nesses anos de existência a SOC, se consolida como uma entidade séria e respeitada em seu meio. A paixão pelas aves e a consciência de preservação do meio-ambiente foram os principais motivos que impulsionaram um grupo de criadores a fundar a SOC – Associação Ornitológica Caxiense, há 38 anos. Tudo começou em 03 de maio de 1978, durante um encontro de amigos, na antiga Bombonière Paris, quando sete aficionados por canaricultura entenderam que já era o momento de abranger uma gama maior de segmentos de canários. Foi então que surgiu a ideia de fundar uma entidade que agrupasse, além dos canários de Canto, as categorias de Cor e Porte. José Carlos Graneto, Mimozário de Azevedo, Jarbas Juares da Rocha, Duval Ravizzon, Ary Pastore, Danilo Fruet e Joanísio Gesser foram os precursores dessa iniciativa. Mal tinha sido fundada, e a repercussão já era grande na cidade. Diversos veículos de comunicação, na época, anunciavam a criação de uma nova Sociedade Ornitológica, com uma linha de atuação diferente da já conhecida. Rapidamente, a SOC se tornou reconhecida no meio ornitológico e, ao longo dos anos, foi conquistando um espaço de prestígio junto a esse público.
     A primeira diretoria esteve à frente da entidade no período de setembro de 1978 a setembro de 1980, dirigindo-a em sistema de colegiado. O número de sócios foi crescendo ano após ano e a entidade ganhando destaque em âmbito regional, estadual, nacional e internacional. Prova disso é que em 1986 a Sociedade Ornitológica Caxiense, através de Decreto Municipal, recebeu o título “Declaração de Utilidade Pública”, pela importância da mesma na defesa da ave-fauna nacional.

1980 à 1981

A primeira diretoria da SOC, eleita foi em setembro de 1980, tendo Luiz Roberto Guerra como presidente e Valentin Eugênio Rasia, na condição de vice. Essa gestão permaneceu no cargo até setembro de 1981. Foi um período marcado pela estruturação da entidade, com o encaminhamento do Registro Social, filiação à Associação Brasileira de Ornitologia – ABOA, e captação de novos associados. Foi também na gestão de Guerra que aconteceu a primeira exposição regional de canários. O evento aconteceu nas dependências do Colégio São Carlos e teve como paraninfo o empresário Lívio César Gazola. A exposição teve grande repercussão no meio ornitológico e colaborou para o fortalecimento da entidade.

1981 a 1983

No ano seguinte a SOC passou a ser dirigida por Jarbas Juares da Rocha e Jacob Festugatto, na condição de vice. Durante os dois anos em que estiveram à frente da entidade de 1981 a 1983, conseguiram em conjunto com o Roller Clube Caxiense, realizar o primeiro Campeonato Estadual de Ornitologia, patrocinado por esta entidade. O evento aconteceu no período de 12 de junho a 03 de julho de 1983, nas dependências dos pavilhões da Igreja Nossa Senhora de Lourdes, e reuniu entidades de oito municípios. A Sociedade Ornitológica Caxiense conquistou o segundo lugar na categoria Canário de Cor. Foi também gestão de Rocha e Festugatto que a SOC foi inscrita na Secretaria do Trabalho e Ação Social – STAS, possibilitando com isso, que a entidade pudesse receber auxílio financeiro de órgão públicos.

1983 a 1984

Em setembro de 1983 foi a vez de Altamiro Inkelmann Blanco assumir a presidência da SOC, ao lado de José Carlos Graneto, na condição de vice. Blanco permaneceu no cargo por apenas cinco meses, até fevereiro de 1984.

1984 a 1987

Nesta data, o então vice-presidente José Carlos Graneto, assumiu a diretoria e Jarbas Juares da Rocha tornou-se o vice-presidente. Ambos permaneceram nos postos até setembro de 1985. Na gestão de Graneto a entidade ganhou maior projeção em nível nacional, uma vez que começou a participar do Campeonato Brasileiro, realizado na cidade de Salvador – BA, em 1984. No ano seguinte, em 1985 o presidente obteve o 2º lugar na categoria de Canário de Cor, enquanto a SOC, conquistou a 4º posição na classificação geral por clube do Campeonato Brasileiro, realizado em Campinas – SP. Foi a primeira grande conquista em âmbito nacional, e que serviu de mola propulsora para que a entidade passasse a investir na melhoria da qualidade de suas espécies. Esse resultado colaborou ainda para o aumento do número de associados, que chegou, nessa época a aproximadamente a 150 associados. Em setembro de 1985, José Carlos Graneto, se reelegeu como presidente, ficando no cargo até 1987, ao lado de Oneide Rizzon, que assumiu como vice.

1987 a 1991

A gestão seguinte foi encabeçada por Duval Ravizzon, na condição de presidente e José Carlos Graneto, que passou a vice-presidente. A nova diretoria permaneceu no cargo de setembro de 1987 a setembro 1989. Nesse período houve um investimento maciço na qualidade das espécies.  Diversas matrizes foram importadas da Europa, tornando, com isso, a Sociedade cada vez mais competitiva e fortalecida em seu meio.  Tanto que em 1989, último ano de mandato dessa gestão. Graneto garantiu o 4° lugar do Campeonato Brasileiro de Canários de Cor, que aconteceu em Limeira – SP.  Foi também na gestão de Ravizzon que a SOC, sediou pela segunda vez o 2º Campeonato Estadual de Canários, em junho de 1988, nas dependências da antiga Caixa Econômica Estadual, na Av. Júlio de Castilhos, em frente ao Bar 13.  O evento reuniu cerca de 2500 pássaros, distribuídos nas categorias de Cor, Porte e Canto, além de aproximadamente 100 expositores, oriundos de 15 munícipios gaúchos.  Alguns meses depois, em setembro de 1989, houve nova eleição para a diretoria e Duval Ravizzon, permaneceu no cargo até 1991, ao lado de Valdemar Fontana, como vice-presidente.

1991 a 1995

Em setembro de 1991, Valdemar Fontana, deixou a vice-presidência para assumir a posição de novo presidente da SOC, com o mandato até 1993, ao lado de Oneide Rizzon, que tomou posse como vice-presidente.  Uma das grandes conquistas dessa diretoria foi a locação da primeira sede social, que passou a funcionar na Sociedade Cultural Esportiva Gaúcha, no bairro Pio X.  Até então os sócios reuniam-se na casa dos próprios associados e as gaiolas eram periodicamente transferidas de endereço. Foi também na gestão de Valdemar Fontana, que a SOC sediou pela terceira vez o Campeonato Estadual de Canários.  Nesse evento, a exemplo dos anteriores, a SOC manteve o bom desempenho, garantindo o segundo lugar na classificação geral do Campeonato.

1995 a 1997

Em 1995, tomou posse como presidente Fernando dos Santos Reis, o qual permaneceu no cargo até 1997, ao lado de André Alci de Castilhos, como vice-presidente.  Nessa gestão foi modificado o Estatuto Social da entidade, a fim de permitir a venda de Títulos Patrimoniais, os quais mais tarde, viriam possibilitar a aquisição de dois terrenos no bairro Sanvitto, próximo ao Shopping Iguatemi Caxias.

1997 a 2001

Em setembro de 1997 a SOC, passou para as mãos de Oneide Rizzon, que permaneceu na condição de presidente por quatro anos, sendo reeleito para o cargo em 1999.  Na primeira gestão de Oneide Rizzon, teve como vice-presidente Júlio Carlos Cardoso de Oliveira, e na segunda gestão, teve como vice-presidente Gilmar José dos Reis.  Neste período a Sociedade começou a conquistar os primeiros lugares em Campeonatos Estaduais de Porte, fato que ajudou a projetá-la ainda mais no meio ornitológico.  No último ano da gestão dessa diretoria, duas grandes conquistas, podem ser citadas.  Em dezembro de 1999, foi comprada a Sede Própria da entidade, o novo espaço, com 300 metros quadrados de área construída, localizada na Rua Borges de Medeiros, 42 - A, no centro da cidade.  E em 2000, ela conquistou o primeiro lugar no Campeonato Brasileiro de canários de Porte, realizado em Florianópolis – SC.

2001 a 2003

Em setembro de 2001, Oneide Rizzon, passou a presidência para Duval Ravizzon, e assumiu como vice-presidente Libório Rodrigues da Fonseca.  Neste período a SOC, conquistou pela segunda vez o Campeonato Brasileiro de Canário de Porte, realizado em 2001, na cidade de Londrina – PR.  No ano seguinte, no Campeonato Brasileiro – 2002, realizado em Cascavel – PR, tornou-se Campeã na categoria Canário de Porte, conquistando o Tricampeonato em Canário de Porte.  Também nesse evento, Honorino Lazzarotto, conquistou o Campeonato Mundial, na categoria de Porte.

2003 a 2005

A gestão seguinte foi de setembro de 2003, a setembro de 2005 sendo presidida por Jarbas Juarez da Rocha tendo como vice-presidente Mauro José Zapparoli nesse período a SOC continuou galgando os primeiros lugares no âmbito nacional na categoria de canários de porte. Como marco maior foi reformada a antiga sede social. 

2005 a 2015

Num período de 10 anos de setembro de 2005 a setembro de 2015, a diretoria foi reeleita por cinco vezes tendo na presidência Ben-Hur do Amaral Scopel e como seu vice Paulo Roberto da Rosa. Período este marcado por grandes conquistas. A SOC começou a se destacar nos campeonatos brasileiros como a melhor sociedade dos clubes da região sul, sempre ficando entre as 10 mais do campeonato brasileiro. O feito mais importante de toda a existência da sociedade foi feito nesta gestão de Ben-Hur, uma parceria com um investidor que permutou o nosso terreno com área construída e finalmente possuímos a nossa sala de exposições tão almejada. Com esforço e trabalho de todos os associados.

E a história de lutas e conquistas continua...

      Diversas metas continuam sendo perseguidas pela entidade, entre as quais o aumento do números de associados e a construção de um Salão de Eventos, capaz de abrigar um número maior de membros da sociedade. Embora tenha havido poucas conquistas na categoria de Aves Exóticas, a entidade continua a se empenhar em busca de uma melhor pontuação nessas categorias. Com certeza, os frutos ainda serão colhidos no momento certo.

atendimento@soc-caxias.com.br
soc-caxias@soc-caxias.com.br

Rua Borges de Medeiros, 42 A - Centro
Caixa Postal 455 - CEP 95100-000 - Caxias do Sul

Edgar - 54 99978.3018
Duval - 54 99693.9295